Scroll Top

Sobre o Bolsa Família

Como é feita a visita domiciliar Bolsa Família – Conheça

Muitos procedimentos são adotados com a finalidade de averiguação das condicionalidades impostas pelo Governo ao pagamento do auxílio Bolsa Família 2020 às famílias que precisam do benefício. Procedimentos como recadastramento obrigatório, pesagem, etc. Conheça agora mais uma dessa formas de averiguação, entenda como é feita a visita domiciliar Bolsa Família 2019.

Com a visita domiciliar, os profissionais de assistência social podem ter contato direto com a realidade das famílias que estão recebendo o benefício, comprovando não só a real necessidade de cada família, como também se os requisitos estão sendo cumpridos e, também, se os valores estão sendo pagos corretamente, tanto para mais, quanto para menos.

Quem é responsável por fazer a visita domiciliar Bolsa Família 2019?

Como é feita a visita domiciliar Bolsa Família 2019

Como é feita a visita domiciliar Bolsa Família 2019

Uma equipe do CadÚnico formada por profissionais de assistência social é quem faz as visitas. O CadÚnico ou Cadastro Único é um cadastro do Governo Federal para organizar todos os programas sociais promovidos no Brasil pela União. Saiba mais sobre o CadÚnico.

Os técnicos que realizam o procedimento deverão, não só averiguar os requisitos do Programa, como também atualizar os dados das famílias visitadas. Então, fique atento e, caso exista alguma atualização a ser feita em seu cadastro, aproveite a visita e apresente toda a documentação necessária.

A falta de atualização nos dados cadastrais pode levar a suspensão, bloqueio e até ao cancelamento do benefício de forma definitiva. Não corra este risco!

Saiba tudo sobre o recadastramento do Bolsa Família neste artigo completo.

A visita domiciliar Bolsa Família poderá cortar meu benefício?

Cuidado! A visita é apenas uma forma de manter os dados cadastrais atualizados, para que as famílias, justamente, não tenham problemas em receber os valores corretamente. Porém, se for constatada irregularidade na documentação, falta de cumprimento dos requisitos, etc, as informações prestadas pela equipe de visita junto ao CadÚnico poderão levar ao bloqueio do benefício pelo sistema.

Por isso, é sempre bom ficar atento aos requisitos. Veja a lista abaixo:

  • Seleção pelo Ministério do Desenvolvimento Social;
  • No caso de existência de gestantes, o comparecimento às consultas de pré-natal, conforme calendário preconizado pelo Ministério da Saúde (MS);
  • Participação em atividades educativas ofertadas pelo MS sobre aleitamento materno e alimentação saudável, no caso de inclusão de nutrizes (mães que amamentam).
  • Renda mensal de até R$ 177,00 por pessoa da família;
  • Inclusão da família, pela prefeitura, no Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal;
  • Manter em dia o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos;
  • Acompanhamento da saúde de mulheres na faixa de 14 a 44 anos;
  • Garantir frequência mínima de 85% na escola, para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, e de 75%, para adolescentes de 16 e 17 anos;

Caso ocorra algum erro na sua documentação, vá imediatamente até o Cras – Centro de Referência em Assistência Social mais próximo da sua casa e regularize todas as informações.

 

Ficou alguma dúvida sobre a visita domiciliar Bolsa Família 2019? Comente aqui embaixo que vamos responder o mais breve possível!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.