Scroll Top

Sobre o Bolsa Família

Quais os documentos necessários para fazer o Bolsa Família

O programa social Bolsa Família 2020 foi criado em 2003, sendo ele a junção de outros anteriores como o como o Bolsa Escola, o Cadastro Único do Governo Federal, o Bolsa Alimentação e o Programa Auxílio-Gás. Seu objetivo é acabar com a fome no país, fornecendo um meio para que pessoas extremamente pobres possam se alimentar: a distribuição de uma renda específica. Existem também especificidades que garantem que os beneficiários tirem proveito da oferta gratuita de saúde, educação e assistência social, tendo acesso a qualidade de vida que garante sua sobrevivência.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

Famílias na faixa da extrema pobreza (classificadas como aquelas que ganham até R$ 89,00 por pessoa) e famílias pobres (classificadas como aquelas que ganham até R$ 89,01 e R$178,00 por pessoa) desde que essas tenham em sua composição crianças entre 0 e 17 anos, são o principal foco de ajuda do Bolsa Família. Aqueles que corresponderem à exigência de renda podem se cadastrar para receber o auxílio social.

Confira também outras matérias importantes nos links abaixo:

Veja quando o Bolsa Família é cancelado acessando este link.

Seu benefício foi suspenso devido à frequência escolar? Veja como proceder aqui.

Requisitos para se cadastrar no Bolsa Família:

Além de a família estar classificada como pobre ou extremamente pobre, como citado acima, o interessado a participar do Bolsa Família deve estar cadastrado no Cadastro Único do Governo Federal. Após isso, um sistema informatizado (ou seja, sem interferência de seres humanos, apenas computadores) irá selecionar aqueles cadastrados que se adequam às exigências.

Requisitos para manter o Bolsa Família caso a sua seja selecionada:

A lista de requisitos que a família deve atender para continuar recebendo o auxílio é um pouco maior, mas visa apenas o bem-estar dos indivíduos do núcleo. O descumprimento dessas exigências pode levar à suspensão do programa e até mesmo ao cancelamento definitivo, por isso é importante conhecer o que deve ser feito para seguir. Quem ganha o Bolsa Família precisa:

  • Manter o cadastro atualizado na prefeitura a cada, no máximo, dois anos. Indicar também qualquer mudança de endereço, telefone, emprego, renda ou de composição familiar (nascimentos, mortes, casamentos, adoções e afins).
  • Em relação às gestantes – frequência nas consultas pré-natais, com datas determinadas pelo Ministério da Saúde.
  • Participar ativamente de todas as palestras e atividades socioeducativas indicadas.
  • Em relação às crianças de 0 a 7 anos – Cartão de vacinação em dia.
  • Em relação às mulheres de 14 a 44 anos – Frequência em consultas para a saúde da mulher.
  • Em relação às crianças e adolescentes até 16 anos – Frequência igual ou superior a 85% na escola.
  • Em relação aos adolescentes acima de dezesseis anos – Frequência igual ou superior a 75% na escola.

Documentos necessários para se cadastrar no Bolsa Família

Quais os documentos necessários para fazer o Bolsa Família

Quais os documentos necessários para fazer o Bolsa Família

Como já dito antes, não existe necessariamente um cadastro no Bolsa Família, mas sim no Cadastro Único do Governo Federal. Ainda assim, é preciso efetuar um cadastro.

Para se inscrever no Cadastro Único é necessário procurar o CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) da sua região e solicitar o cadastramento. Para fazer isso, é necessário que a família tenha um responsável (quem irá receber o dinheiro e responder às perguntas a respeito do núcleo), que precisa necessariamente ser um familiar, morador da mesma casa e maior do que dezesseis anos, sendo preferencialmente mulher. Os seguintes documentos serão solicitados:

  • Ao responsável familiar é preciso apresentar o CPF ou o Título de Eleitor.
  • Sobre os outros familiares (documentos de cada um devem ser apresentado), qualquer um dos documentos abaixo pode ser apresentado:
    • Certidão de Nascimento
    • CPF
    • Certidão de Casamento
    • Carteira de Identidade (RG)
    • Carteira de Trabalho
    • Título de Eleitor

Também é importante levar um comprovante de residência, afim de que seja mais fácil o preenchimento de dados no sistema.

 

Agora que você conheceu um pouco mais da dinâmica do Bolsa Família, por que você não compartilha esse texto com seus amigos? Talvez essas informações possam ajudar pessoas com as quais você convive, além de nunca ser um exagero estar informado sobre seus direitos!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.